Destaque da Semana

Destaque da Semana
Venda de camisas de futebol da coleção C&M

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

A Resistência

Opinião do C& M
A Resistência
(Brestskaya krepost)

*Sinopse*
Na manhã de 22 de Junho de 1941 os nazistas atacaram a Fortaleza de Brest na Bielo-Rússia. Em total desvantagem em número de homens e armamentos, os cidadãos de Brest juntaram-se aos soldados russos lotados na fortaleza e lutaram até o amargo fim, por 29 intermináveis dias.


Muitos anos depois, o veterano Alexander Akimov relembra os fatos da época quando ele, com apenas 15 anos, estava profundamente apaixonado pela linda Anya e de repente teve que abandonar seus sonhos para lutar pelo seu país e sua própria vida.


*Elenco*
Aleksey Kopashov, Andrey Merzlikin, Pavel Derevyanko, Aleksandr Korshunov, Aleksandr Saptsov.

*Trailer*

*Direção*
Aleksandr Kott

##BLOG##
O cinema russo está se aventurando mais em terras ocidentais, o que de certa maneira é benéfico para diversidade de opções, entretanto, estas produções ainda estão aquém de bons comentários. Porém, existem exceções. E o bom A Resistência é uma delas.


O filme trata dos acontecimentos ocorridos no CERCO de BREST (1941), onde as forças alemãs retomaram a fortaleza homônima dos russos no início da Operação Barbarossa (invasão da URSS).


Apesar dos cansativos 138 minutos (2 horas e 18 minutos), o filme prende a atenção do telespectador nas fortes cenas de batalha, com ótimas imagens, excepcional fotografia e efeitos especiais magistrais. Um dos pontos altos, são os bombardeios dos Messerchimitts da Luftwaffe, em que parecem que estão “saltando” da tela com os seus “rasantes” para soltar as bombas no campo de batalha.


Além do teor bélico, o filme aborda assuntos dramáticos, como o comportamento e a visão infantil neste cenário apocalíptico, além do forte sentido do patriotismo russo.


Os atores cumprem bem o papel no enredo, e em determinado momento as batalhas diminuem gradativamente, e o filme descamba para o natural drama melancólico. Muito embora possam ser notados vários “clichês”, o filme no geral é bom.


Para os que apreciam filmes históricos, é uma ótima pedida. O final, claro, como visto na sinopse é a luta até o irremediável fim. Repito, o filme é cansativo, mas vale à pena.


Até mais tarde! Tchau...
Obrigado pela sua visita...

Nenhum comentário: