Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

domingo, 16 de dezembro de 2018

Club Athletico Paranaense

E o clube rubro-negro paranaense - Campeão da Copa Sul-Americana 2018, Parabéns! - foi ousado e perpetrou algumas mudanças bem diferentes em seu escudo, uniformes e na grafia do nome.

Agora, temos:

Club Athletico Paranaense

Vamos iniciar pelo nome.  Para entender esta nova grafia, precisamos viajar para o passado. Lá em idos de 1924, na fundação do clube, quando se utilizavam regras de escrita mais coloquiais, e o "H" constava na palavra "athletico".  Assim, não tem mistério e nem radicalidade.

É somente uma maneira de se resgatar o passado mesmo, e também de quebra diferenciar o termo atlético de outros tantos clubes correlatos espalhados por aí.


Blog: De todas as mudanças, para mim, foi a mais correta.

Ah, o escudo...

Representante da empresa de Marketing OZ, Giovanni Vannucchi, explicou que o novo escudo do clube tem várias temáticas e ideias, que são: Representatividade do(s) vento(s) do furacão; elementos da bandeira do estado do Paraná (?); e conceito de crescimento. Ainda conforme Giovanni, em pesquisa realizada recentemente, ficou claro que havia a necessidade de "ligar" o clube ao mote "furacão.


BLOG: Sinceramente, o escudo anterior era muito mais bonito que o atual. E ainda tem o detalhe das estrelas? ... Afinal, o objetivo dos clubes é ostentar em seus escudos e uniformes, estas famosas estrelas de títulos. Como fica aqui?

Os Uniformes...


A nova camisa redesenha a ideia do escudo e as listras pretas perdem o protagonismo. O uniforme principal é vermelho e com as quatro listras no canto esquerdo. O segundo uniforme é branco e obedece o mesmo formato, com as listras vazadas.


BLOG: Aqui, opinando como simplório colecionador de camisas, fica difícil aceitar. Não consegui enxergar qualquer detalhe que me desse uma sensação de agradabilidade nos projetos. Ficou simplório demais, ficou muito aquém do que a Umbro (apesar de só confeccionar - pois a arte e ideia foi do pessoal do clube e da OZ) pode fazer. Para isso, basta ver a lindíssima camisa 2018 (atual):


Esta camisa acima ficou tão bonita, mas tão bonita, que nem os patrocínios estragaram o resultado final. O design das listras está mais que correto, com perfeita aplicação das cores, manga em preto e degradê lindíssimo na parte inferior, fora outros "mimos".

Então, com base nisso, não posso de maneira nenhuma, dizer que gostei das novas camisas. Mas, as mudanças acontecem, e quando são decretadas e sacramentadas, resta-se aceitar.

Ah, sim! Tivemos também uma criação. Sim, pois não podemos chamar de "mudança" algo que traz 4 (quatro) novos personagens ao invés de um como mascotes do novo clube:


Ééééé... Assim... Bem... Não sei dizer neste primeiro momento se gostei da proposta ou se estes novos mascotes tão modernos vão pegar de imediato. É uma sistemática bem diferente do usual, ao que os torcedores padrão já estão acostumados, e creio - na minha opinião - que não será assim uma "pegada" no início não... Para os torcedores mais novos, as crianças principalmente, que estão acostumadas com desenhos que possuem personagens com este mesmo estilo, talvez dê certo.  Não sei. Aqui só o tempo dirá.


Só resta desejar que estas novas mudanças tragam sorte e alegrias aos torcedores do furacão!!!


terça-feira, 11 de dezembro de 2018

ETS 2: Beyond the Baltic Sea

Em termos de jogos de PC, sou muito adepto de simuladores.

Hoje em dia, tenho dois preferidos: OMSI (2) e ETS 2.

Há alguns anos venho jogando ambos, com suas atualizações e novos pacotes. No caso de ETS 2 temos as DLC's. E a mais nova, a DLC "Beyond the Baltic Sea" mantém o padrão visualmente impressionante que A SCS Software vem ministrando ao seu trabalho ultimamente.


Isso já havia ficado evidente em "Scandinavia", "Vive La France" e "La Bella Italia" ...

Trailer de "Beyond":


A expansão do mapa está atingindo algo de "vultuoso".  Ainda falta a parte Ibérica - que ainda não entendo como não foi lançada, mas indo no lado oposto, temos cada vez mais reentrância no Leste Europeu, e chegamos até partes da Rússia (com São Petersburgo como pérola da coroa!), Finlândia, Estônia, Lituânia e até Kaliningrado.

Em termos de visual, sem comentários. Fantástico.


Um detalhe que se faz necessário citar, é o impressionante sentimento de profundidade no tom paisagístico nas estradas. Na DLC Itália isso é factível. E faz uma diferença enorme ao se passar algumas horas no "vício" de direção nas estradas virtuais.  Tanto é que, juntamente com essas novas DLC's, a SCS está atualizando algumas paisagens lá detrás, nos motes iniciais, como no Norte da Alemanha, por exemplo.


O que sinto falta neste simulador maravilhoso, é uma jogabilidade mais próxima do real, saindo somente da "dirigibilidade".

Por exemplo: Quando se "fecha" uma carga, poderiam inserir imagens do carregamento - principalmente agora, com a opção de uso de próprios reboques - tal qual aparece na prévia da "carga especial pesada", onde vemos uma equipe logística preparando as monstruosas cargas em nossos caminhões. Nas docas dos produtos convencionais, podia ser aplicado a mesma temática logística.


Nas estradas, quando temos multas aplicadas por viaturas policiais, poderia haver uma parada e uma abordagem. Nos postos, poderia haver frentistas e etc... 

Ah, sim! Nesta DLC foi também inserida os postos de fronteira, onde agentes policiais fronteiriços solicitam a documentação do seu caminhão para vistoria. Todos acabam por dar ok, como nos pedágios, e sem visualização de um personagem.


Poderia, para efeito de jogabilidade - e ficar mais emocionante - vez ou outra "dar um problema" - e a polícia de fronteira nos mandar regularizar, pagando taxas ou algo assim... Mas são só idéias, claro.

Ah! Mas o jogo está excelente. Gráficos impecáveis e simulação de direção espetacular.


Temos muita coisa nova bacana inserida, como fatos nas estradas: acidentes com bombeiros e resgate, abordagens de carros terceiros, carros enguiçados...

Muita coisa bacana do pessoal da SCS deve vir por aí!

DLC Beyond the Baltic Sea está disponível na plataforma Steam.  Aqui no Brasil, o preço está em torno de R$ 55,00.

Obrigado e Grande abraço!!!