Destaque da Semana

Destaque da Semana
Venda de camisas de futebol

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Clube Atlético Paranaense-PR



Fundação do Clube
26 de março de 1924


O Atlético Paranaense surgiu de antecedentes motivadores do futebol no estado.

Equipes fortes disputavam à época, a hegemonia do futebol do Paraná. Contudo, em meados de 1914 "rugia" o Britânia, que por vários anos (1918 à 1923) manteve-se na hegemonia do futebol.

Formação do Britânia (1918) >>>

Internacional e América foram campeões em 1915 e 1917 respectivamente. Coritiba (1916).

Mas essa hegemonia "gritante" do Britânia incomodava, e em 1923, após um tulmutuado jogo nas finais do certame entre América e Universal, em que houve expulsões e abandono de campo, as coisas tomaram outro rumo.

As diretorias de Internacional e América reuniram-se três dias depois deste jogo para avaliar uma possível fusão. Mas, devido à discordâncias entre cores de camisas e outros detalhes, um ano se passou.

O Clube Atlético Paranaense originou-se da fusão desses dois tradicionais clubes de Curitiba - o América Foot-ball Club, até então com um titulo paranaense da fusão, que acabou, com o Paraná (America - Paraná) e do Internacional Foot-ball Club, o primeiro campeão estadual, em 1916.


Tudo aconteceu no dia 26 de março de 1924, na Rua XV, no prédio 416, com a presença de Arcésio Guimarães (Internacional), Joaquim Narciso Azevedo (América), e mais sete pessoas que fundam o Clube e, em ata, tomam as primeiras deliberações, entre as quais definem o uniforme, que será vermelho e preto com listras horizontais, adotando as cores dos uniformes do América (vermelho) e do Internacional (preto e branco com listras verticais).




INFOBlog
O Atlético Paranaense foi o primeiro time do estado do Paraná a fazer uma excursão internacional, o clube viajou ao Paraguai onde fez três partidas contra times paraguaios: Cerro Porteño, Nacional e Olímpia.



Mascote do Clube
Cartola (Não oficial: Furacão)


O simpático cartolinha foi escolhido como mascote devido, justamente, aos trajes que os antigos torcedores da elite de Curitiba usavam nas partidas do Atlético: fraques, cartolas, polainas, etc.

Entretanto, atualmente por força do apelido e das novas gerações de torcedores, o termo Furacão tem sido confundido como mascote do clube...


Mas vale ressaltar que o apelido "Furacão" não é mascote. Pelo menos, não o oficial.

O Atlético não recebeu o nome de Furacão por parecer visualmente com um redemoinho de vento, mas sim, por suas apresentações nos gramados e pelos estragos causados aos adversários, metaforicamente falando.

Porém, há ainda mais uma explicação para o cenário: Para a inauguração da Arena da Baixada em 1999 desenharam um Furacãozinho na campanha "Baixada Tô Voltando".

Tratava-se supostamente de um torcedor do Atlético devidamente caracterizado, saindo do interior de um Furacão.

Na verdade era uma alusão da imagem do presidente Mario Celso Petraglia. 

Afinal, foi Petraglia o principal responsável pela restruturação do Atlético naquele momento. Tempos depois o "Furacãozinho" virou boneco e foi comercializado com sucesso.

Neste ponto, já não tinha aquele rosto do Petraglia, parecia um torcedor comum.


Para muitos torcedores esse seria o mascote definitivo do Atlético.




INFOBlog
O Atlético Paranaense também foi o primeiro time do estado do Paraná a participar de uma competição de âmbito nacional. A primeira partida em um nacional ocorreu em 23 de agosto de 1959.



ClÁSSICOS & RIVAIS


Estádio(s)
Estádio Joaquim Américo Guimarães
Arena da BAIXADA
Capacidade: 25.180 pessoas
Inauguração: 06 de Setembro de 1914
Reinaugurado: 20 de Junho de 1999
Proprietário: Clube Atlético Paranaense


Conhecido como Arena da Baixada, o espaço foi o primeiro palco do futebol brasileiro a adotar o "naming rights" com o título de Kyocera Arena entre 2005 e 2008.


Como Curitiba foi escolhida para ser uma das sedes da Copa do Mundo de 2014, a Arena está sem jogos, e sendo reformada para ampliação de sua capacidade e conclusão da arquibancada, de modo que possa atender todos os padrões exigidos pela FIFApassando a ter 42.000 lugares.

A história do estádio do Atlético, começou muito antes, no início do século XX.

<<< Joaquim Américo

Em 1914, Joaquim Américo Guimarães, então presidente do Internacional (um dos clubes que originaria o Clube Atlético Paranaense), comandou a construção do estádio Baixada da Água Verde.

O Atlético surgiu dez anos depois, herdou o patrimônio e batizou o estádio com nome do principal responsável por seu surgimento.

Estádio em 1916

O estádio mais moderno do sul do país, ostentou também a partir de sua reinauguração o título de mais moderno de toda a américa latina. Este título perdurou até o ano de 2007 quando o estádio Engenhão (RJ) foi inaugurado. Atualmente o estádio mais moderno da america latina é o Estádio Cidade de La Plata localizado a 60 Km de Buenos Aires. Porém, isso novamente tende à alterar-se, com as inaugurações das várias Arenas pelo Brasil, por intermédio da Copa do Mundo.



Site Oficial do clube



***BLOG***
Por ser camisa do rival de meu clube, todos pensariam... Ele não vai postar... Lêdo engano.

Futebol, no meu entendimento vai além do egoísmo excêntrico das falsas torcidas.

O futebol no Brasil sempre foi mágico. Sempre foi o âmago da essência de todo moleque, entranhado na alma da infância da bola de capote ou mesmo de plástico barato, comprado na esquina.

Pelos toques mágicos de Pelé, Garrincha, Tostão e outros heróis futebolísticos. 

Isso, meus amigos, suplanta qualquer tipo de bairrismo e sentimentos antagônicos de vandalismo e violência. Possuo grandes e queridos amigos rubro-negros.

Além disso, com a coleção de camisas, e pela mesma ser eclética, e totalmente eclética, e somado à isso o fato de pesquisar bastante para a composição destes posts, aprendi e consolidei o imenso e verdadeiro respeito por TODAS as instituições futebolísticas.

As histórias, as torcidas, conquistas, tudo; absolutamente tudo é muito rico, muito diversificado. Impossível manter um olhar crítico embasado em rivalidade local. Impossível. 

O Atlético Paranaense é uma grande instituição, dotada de uma história muito rica, e possui uma torcida apaixonada e fiel, bem como todos os outros clubes que já passaram aqui pelo C&M.

Dedico este post, inclusive, à três queridos amigos atleticanos: Marcos Paulo, Lucianne e Rafinha e minha rubro-negra enteada Fernanda... 

Muito bem, este parêntese era necessário.

Agora, falemos da camisa do acervo... Aliás, a camisa na verdade, pertence à Fernanda, mas foi alocada no acervo... bem, bem: A camisa possui um template clássico, mas moderno. Listras finas e cores vivas. 

Já falei, e repito: Umbro é UMBRO. 

Material excelente, com detalhes decorativos bem bacanas, como selo de autenticidade e patch de campeão Brasileiro de 2001. Gola muito bem escolhida, com capricho na parte interna. Patrocíno master da própria UMBRO que não maltrata o conjunto e se aloca de forma harmônica. Uma bela camisa do rival, com certeza.

MUITO OBRIGADO !!!
O C&M agradece sua visita...

Nenhum comentário: