Destaque da Semana

Destaque da Semana
Silo Global de Sementes de Svalbard

sábado, 5 de agosto de 2017

TREZE Futebol Clube-PB

Oi, pessoal... Hoje, a camisa nº 44 do acervo da coleção do Camisas & Manias vem da região Nordeste do país:


O Treze Futebol Clube, conhecido como o "Galo da Borborema", é uma agremiação poliesportiva brasileira com sede na cidade de Campina Grande, Paraíba. Fundado em 7 de setembro de 1925 no centro da cidade, mudando-se para o bairro do São José na década de 1940.

Apesar de ser um clube de futebol, atua também em outros esportes, como vôlei, basquete e futebol americano.


No dia 7 de setembro de 1925, treze pessoas lideradas por Antônio Fernandes Bióca (1894-1996), introdutor do futebol na cidade de Campina Grande, se reuniram numa simples casa, onde hoje em dia está construído o Colégio Motiva, e fundaram o Treze Futebol Clube.

<<< Antonio Fernandes Bióca

O nome "Treze" fora dado ao clube pelo sócio José Casado de Oliveira (1904-1996), pelo fato de serem treze o número de pessoas reunidas no dia da fundação.

Ei-los:

Antônio Fernandes Bióca, Alberto Santos, Amélio Leite, José Casado de Oliveira(Casado), José de Castro, José Eloy Júnior, José Rodolfo, José Sodré,Luiz Gomes, Olívio Barreto, Osmindo Lima, Plácido Véras (Guiné), e Zacarias Ribeiro (Cotó).


O Treze treinou pela primeira vez no Campo dos Currais, local onde atualmente está situado o Mercado Público de Campina Grande.

Primeiro e mais antigo escudo do clube

O primeiro jogo oficial do Treze foi realizado no dia 1º de maio de 1926, no Campo dos Currais, contra o Palmeiras Sport Club de João Pessoa, um importante clube da época. 

O time do Treze era formado por: Olívio; Zé Eloy e Lima; Eurico, Zacarias do Ó e Zé de Castro; Rodolfo, Casado, Reis, Cotó e Guiné.


Nesta mesma partida saiu o primeiro gol do Treze, marcado por Plácido Veras, o Guiné, que também foi um dos fundadores do time. 

GALERIA C&M



A primeira partida interestadual do Treze aconteceu no dia 11 de junho de 1928, contra o Paissandu-RN, em Natal. O Treze venceu o jogo por 3 a 1 e conquistou a Taça Paissandu. O clube potiguar pediu revanche e novamente perdeu para o Treze, desta vez pelo placar de 2 a 1.

> Apelidos/Mascote:

O mascote do Treze é o galo, devido a numeração no jogo do bicho, na qual o número 13 corresponde justamento ao galo. Por isso mesmo, o apelido do clube - como vimos mais acima - é "Galo da Borborema".


GALERIA C&M




BLOG: O layout aplicado pela Majal para o Galo segue o padrão usado pelos modelos titulares do clube. O trabalho com  a disposição das cores pela peça deixou a camisa bonita e harmônica. O preto aplicado no eixo ombro-mangas dá uma visibilidade maior à camisa, em conluio com os tamanhos das listras.

Uma gola e colarinhos bem escolhidos, e um acabamento de fino trato prestado pela Majal no escudo, logotipo, selos e nas barras das mangas e barra inferior.

As costas da camisa estão também primorosas, com um espaço perfeito para a inserção do numérico, ao qual é utilizada uma fonte belíssima.

Patrocinador master da camisa não prejudica e se harmoniza visualmente com a camisa.

O Treze Futebol Clube foi o primeiro clube, fora da capital a disputar o Campeonato Paraibano de Futebol no ano de 1939, sendo sua primeira partida contra a equipe do Auto Esporte.

Em 1986, ganhou destaque no Torneio Paralelo (uma espécie de Série B, mas não é reconhecido pela CBF como tal), quando o clube terminou na primeira colocação do Grupo E e se classificou para a disputa da Série A do mesmo ano.

Equipe do Treze em 1986

Outra conquista de destaque foi o Grupo Nordeste da Taça Brasil em 1967.

Desde 2000, o Treze ganhou 6 vezes Campeonato Paraibano, sendo o maior campeão estadual do período. Dentre os estaduais, destaque para o título de 1966, que foi vencido de forma invicta e que é representado pela estrela no escudo do clube.

> Estádio - Presidente Vargas:


É proprietário do Estádio Presidente Vargas, um dos maiores estádios particulares do nordeste. Único estádio particular da Paraíba autorizado pela CBF para realizar competições oficiais.



Fundado em 17 de março de 1940, o Presidente Vargas, está localizado no bairro São José, próximo ao Centro de Campina Grande.


De propriedade do Treze, é o maior estádio particular da Paraíba e o único com condições de sediar jogos oficiais. Hoje, tem capacidade para 15.000 pessoas.

Escopo do projeto original do Estádio Presidente Vargas

GALERIA C&M




> Curiosidades (I):

Seus dois maiores rivais no futebol estadual são o Campinense, de Campina Grande, no confronto conhecido por Clássico dos Maiorais, e o Botafogo Futebol Clube, de João Pessoa, que realiza junto com o Treze, o Clássico Tradição.

Charge reproduzindo o Clássico dos Maiorais

Clássico Tradição

Junto com o Campinense Clube, possui extra oficialmente o recorde de público do futebol paraibano, que aconteceu em 23 de julho de 1984, onde 46 mil pessoas estiveram presentes em um eletrizante Clássico dos Maiorais, no estádio O Amigão.

Clássico dos Maiorais no Amigão

GALERIA C&M


> Curiosidades (II):

Em 8 de fevereiro de 1968 no Estádio Presidente Vargas, o craque Mané Garrincha vestiu a camisa do Treze Futebol Clube no amistoso contra a seleção da Romênia classificada para a Copa do Mundo de 1970.

Formação do Treze de 1968 com Garrincha

Sendo substituído no segundo tempo, a partida terminou com derrota trezeana por 2x1, Leduar fez o gol do Galo, que atuou com: Elias; Janca, Antonino e Leduar; Mané e Nilton; Mané Garrincha (Paluca), Lima, Chicletes, Pedrinho e Zé Luiz.

Garrincha em entrevista na substituição do intervalo

GALERIA C&M




BLOG: A camisa realmente é muito boa na sua concepção. Talvez o único "senão" fique por conta do tecido escolhido que é muito propenso à ação do tempo e sujeira. Acumula "bolor" com facilidade... Ah, e a nomenclatura de tamanho utilizada pela Majal. Esta minha camisa vem classificada na etiqueta como "GG", mas na realidade pode ser no máximo um "G" para "M". 

Mais uma camisa da coleção postada. Obrigado pelo carinho da sua companhia e até a próxima!!!

Nenhum comentário: