Destaque da Semana

Destaque da Semana
Silo Global de Sementes de Svalbard

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Bastardos Inglórios ... Opinião C&M

Vez ou outra, quando na prateleira das novidades não tem muita opção, volto-me para os acervos da locadora... Esta semana vi novemante dois filmes [um deles é um anime, na verdade...] e não tinha feito menção aqui no C&M ainda. Lá vai o primeiro:

Bastardos Inglórios

(Inglorious Bastards)

Sinopse... No primeiro ano da ocupação da França pela Alemanha, Shoshanna testemunha a execução de sua família pelas mãos do coronel nazista Hans Landa (Waltz). 


Shoshanna escapa por pouco e parte para Paris, onde assume uma identidade falsa [Dreyfus] e se torna proprietária de um cinema.

Em outro lugar da Europa, o tenente Aldo Raine (Pitt) organiza um grupo de soldados americanos judeus para praticarem atos violentos de vingança. 


Posteriormente chamados pelo inimigo de “os Bastardos”, o esquadrão de Raine se une à atriz alemã Bridget von Hammersmark (Kruger) em uma missão para derrubar os líderes do Terceiro Reich. 



O destino conspira para que os caminhos de todos se cruzem em um cinema, onde Shoshanna pretende colocar em prática seu próprio plano de vingança...

Trailer

Elenco... Brad Pitt, Eli Roth, BJ Novak, Mike Myers, Michael Fassbender, Diane Kruger, Til Schweiger, Julie Dreyfus.


DireçãoQuentin Tarantino.

Tarantino.

BLOG...:

O estilo Quentin Tarantino é soberbo para uns e estranho e bizarro para outros. Sem pudor nenhum, o exímio Tarantino nos leva à um passeio no âmago das feridas do Reich, assinado com maestria uma visão alternativa de como seria um atentado bem sucedido contra as fileiras do alto escalão alemão. 


Sim, porque na vida real, o Füher escapou de dezenas de atentados, e alguns deles com uma sorte invejável!!! 

De volta ao filme, na verdade, em minha singela opinião, o filme poderia ser chamado de Operação Kino, pois seria o mais adequado à película já que a trama se desenvolve na sua maior parte do tempo, sobre esta idéia.



Os “bastardos”, grupo de elite criado com a única finalidade de impor o terror funébre e psicológico entre as fileiras alemãs na França ocupada, com o assassinato brutal, frio e sem piedade de seus soldados são personagens desta operação, juntamente com Shoshanna, apresentada logo no início do filme em uma sequência angustiante, protagonizada pelo inescrupuloso Coronel Landa [Excepcional na pele do excelente Christoph Waltz].


Para quem viu a saga Kill Bill, pode esperar as cenas de ações correlatas com muita violência e sangue, e também um filme intermediado por capítulos, como segue a linha de Tarantino, mas com a diferença que aqui, em Bastardos Inglórios, Quentin abusa mais dos amplos diálogos e das tomadas de suspense em amplo silêncio prorrogativo angustiantes, e zoons nas feições dos personagens, para passar o momento de cada cena.



Cenas em que isso é possível ser visto: O início, na fazenda francesa, nos diálogo de Landa e o proprietário, Sr La Padite, no almoço entre Shoshanna [vivendo na França com o nome de Dreyfus], Goebbels e Landa para tratar da sessão de cinema, com zoons de expressões nas mesas, e também nas cenas no bar, entre o encontro dos elementos dos “bastardos” com a atriz alemã Bridget Hammersmark, interrompida pelo major da SS, com final bombástico. 


Outra atuação bacana, mas infelizmente em menor monta está com o ator Martin Wuttke, como Hitler. Seus gritos estéricos e alternância de humor são fenomenais, e refletem a personalidade do Füher de acordo com relatos reais de seus comandados mais próximos.


Uma menção legal para o sotaque de Brad Pitt como oficial comandante dos Bastardos. 


Aliás, a idéia de guerrilha dos bastardos foi ótima. Pena que foi tão pouco vista, na verdade em uma só sequência real, logo nos primeiros momentos do capítulo 2. 




Penso que, como o filme leva o nome do grupo deveria mostrar mais de suas atribuições em campo. Valeria muito à pena uma carreira “solo” para o grupo, com um filme mostrando suas operações e armadilhas para os Alemães, com direito aos escalpos. Para os que gostam do estilo Tarantino [inclusive a participação dele num episódio de CSI Las Vegas ficou para a história], é pedida certa. E segundo rolam pela web, outros trabalhos bons vem por aí.



Vou ficando por aqui... Tchau...
E... Obrigado pela sua visita!!!...

Nenhum comentário: