Destaque da Semana

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Fragmentos cariocas ... C&M in Rio

Quebrando o protocolo no blog, hoje o VITRAL da SEMANA vai apresentar imagens (fotos) de autoria própria durante rolêzinho pelo centro/Sul do RJ em meados do início de setembro...


Uma belíssima sexta-feira (31/08) abençoava a capital fluminense, quando cheguei à minha querida cidade natal. Um azul profundo e eterno destoava sobre o céu da Guanabara...


Havia um certo “frenesi” alegre no SDU, com o movimento intenso de usuários, visitantes, turistas que já almejavam um belíssimo final de semana na cidade maravilhosa que se destoava...


O próprio SDU estva mais moderno, depois de uma aparente reforma recente em seus domicílios. Ficou mesmo, mas mesmo, muito bonito.


Logo na chegada, na passarela sobre a Avenida General Justo, é possível apreciar uma bela vista, do trevo de acesso à via expressa do Aterro do Flamengo (Av. Infante Dom Henrique) e ao fundo sempre com os braços abertos sobre a Guanabara, o imponente Cristo Redentor.


Essa foto acima, foi tirada do ângulo do balcão de atendimento do BOB's da Av. Franklin Roosevelt e foi um registro muito inusitado para mim. Calma... Eu explico: Sempre frequentei este estabelecimento, por mais de 6 anos intermitentes, e, foi necessário minha ausência da cidade por mais de 12 anos, para perceber desta vez, como turista, que era possível ter uma visão do Cristo Redentor dali... Coisa que eu não havia percebido antes...


O centro da cidade do Rio de Janeiro possui uma peculiariedade ímpar, de contraste entre história e paisagismo. Na rotina diária (como em qualquer cidade) os munícipes dificilmente se permitem notar estas belezas. Eu mesmo, confesso, nos meus anos de trabalho não percebia, preocupado no cumprir dos afazeres. Agora, como "turista" era impossível conter o sorriso no canto da boca, ao perceber em cada esquina uma cena diferente, uma beleza "mesclada".


Depois de encontrar-me com meu "pai nº dois",  Sr. Jayme Machado - o eterno perito contábil - iniciamos um agradável passeio a pé pelo centro do RJ, passando pelo Passeio Público, Cinelândia, Lapa e o acompanhando até o novo prédio do TRT ali pelos lados da Rua do Lavradio.  



Depois que me contou sobre a história do prédio e da imagem curiosa dele sobre os dois sobrados, resolvi registrar:


Resumindo: Por conta de algum "enlaçe" jurídico na desapropriação destes dois sobrados, o novo prédio do TRT foi construído por sobre os mesmos. Ver os dois prédios de arquitetura antiga incrustados por sob o novo prédio é bacana...


Dali, retornamos pela Avenida República do Chile, com seus imponentes e modernos arranha-céus. 


Suas faces de vidros espelhados proporcionam um lindo espetáculo visual, e ali, retratado nas janelas, um dos ícones da cidade...


Ali pertinho também é possível deslumbrar a sede da Petrobrás...


Está bem... Confesso que sempre achei este prédio parecido com uma versão gigante de um "cubo-mágico"...


Dali, fomos até o Largo do Machado, onde fiquei mais algumas horas com meu amigo Jayme e sua família, papeando e pondo os assuntos em dia... No dia seguinte... Depois da ida do C&M ao teleférico do Alemão (Clique aqui para ver como foi)...




Passei tanto por essas plataformas, embarcando nas composições do ramal de Santa Cruz, rumo à Realengo. E pude constatar, com alegria que os famosos "joelhos" de queijo e presunto com suco de laranja ainda são vedetes nas lanchonetes da Central, e pude ragalar-me e matar saudades. Dali, resolvi ir para a Barra da Tijuca, via zona Sul e embarquei no metrô...


Com a implantação de novas estações na Zona Sul, o Metrô Rio passou a adotar a harmonia nos projetos. Aproveitou em grande parte no mobiliário das estações as próprias rochas dos trechos perfurados. Isso proporcionou uma beleza natural e moderna nas novas estações, como esta de Ipanema/General Osório.


Bicicletário/Bike Park ... Fundamental importância no incentivo de uso compartilhado de modais de transporte. Isso não é mais uma tendência ou comodidade. Eu enxergo como uma necessidade urbana cada vez mais necessária.


Uso de vitrais coloridos, chamativos nos acessos, passam uma sensação de alegria, e tornam a passagem dos usuários mais descontraídos.


Na superfície, os mobiliários dos acessos são modernos e contemporâneos, seguindo a tendência mundial no modal. Dali, embarquei na integração para a Alvorada (Barra) para conhecer o BRT TransOeste. Mas aí, caro leitor, já é outra matéria (CLIQUE aqui para ver o POST)...

OBRIGADO por sua VISITA... 

Nenhum comentário: