Destaque da Semana

Destaque da Semana
Silo Global de Sementes de Svalbard

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Coritiba Foot Ball Club-PR

Oi, gente... Hoje, vou atualizar a seção da coleção de camisas do blog, com uma camisa muito “xodó”. Essa camisa do Coritiba foi a primeira oficial que ganhei do clube, presente de minha esposa Rosita. Ainda não tinha a mínima idéia que seria colecionador no futuro, e por isso a camisa não está em tão bom estado assim, como poderá ser constatado nas fotos, até mesmo porque a usei muito... muito mesmo!

Coritiba foot ball club



Vocês podem também notar que na ordem numérica, ela é a camisa nº 2 da coleção. A primeira camisa do acervo C&M é uma de passeio do Vasco/RJ (presente de meu saudos pai) que posteriormente aparecerá por aqui. Houveram outras camisas antes dessa: Uma do Cruzeiro (Topper) e outra do Vasco (umbro), mas infelizmente, ambas foram furtadas de minha casa.

Fundação do Clube: 12 de Outubro de 1909.

No ano de 1909, diversos jovens se reuniam no Clube Ginástico Teuto-Brasileiro Turnverein, local onde os imigrantes e descendentes de alemães que residiam em Curitiba, se reuniam para a prática de esportes.

Em uma das reuniões a atenção de todos estava voltada para Frederico "Fritz" Essenfelder (imagem ao lado), que apareceu no local com uma bola de couro na mão.

Fritz apresentou o objeto aos colegas, explicando que se tratava de uma bola de futebol, demonstrou os principais fundamentos daquele novo esporte, além de alguns relatos que deixaram todos entusiasmados. Após aquele dia, Fritz e seus companheiros de clube, começaram a promover partidas entre eles no campo do Quartel da Força Pública.

Formação do Clube em 1909 (ainda denominada Teuto-Brasileiro)


Algum tempo depois, chegou o convite para que disputassem uma partida contra um time formado por ingleses e funcionários que trabalhavam na estrada de ferro de Ponta Grossa.


Na noite dia 12 de outubro de 1909, Fritz convocou uma reunião no antigo Theatro Hauer (imagem acima em 1913), para poderem tomar algumas decisões para a excursão que realizariam até o interior do estado. Foi nessa reunião que decidiram fundar a primeira equipe de futebol do estado, primeiramente chamada de "Teuto-Brasileiro".



INFOBlog
No dia 30 de janeiro de 1910 o nome do novo clube foi definido como "Coritibano Foot Ball Club", nome pelo qual os jovens foram tratados em Ponta Grossa quando lá jogaram. Mas em abril de 1910 o nome do clube foi alterado para "Coritiba", antiga grafia da capital paranaense, uma vez que já havia na cidade um clube social chamado Coritibano.


INFOBlog
O Coxa foi o primeiro time do sul do Brasil a ganhar um torneio de cunho nacional, o Torneio do Povo de 1973.


Mascote do Clube:  Vovô (Vovô Coxa).


O time do Coritiba é representado por um simpático velhinho de descendência alemã, carinhosamente chamado de "Vovô Coxa" em homenagem ao fotógrafo e torcedor do clube Max Kopf (imagem abaixo).




Estádio(s):
Estádio Major Antonio Couto Pereira.
Capacidade: 37.160 pessoas.
Inauguração: 15 de novembro de 1932.
Proprietário: Coritiba Foot Ball Club.


Intitulado originalmente Estádio Belfort Duarte, seu nome foi modificado para o atual em 1977 após reformas para ampliação, como homenagem a um dos maiores responsáveis por o estádio ter saído do papel para se tornar realidade.


A origem do termo COXA-BRANCA

Devido aos primeiros times do Coritiba serem formados basicamente por descendentes de alemães, isto virou alvo para as provocações vindas das torcidas adversárias.

Em 1941, durante um Atle-Tiba decisivo, o então torcedor e futuro presidente do Clube Atlético Paranaense, Jofre Cabral e Silva, tomado pelas emoções do clássico, não parou de gritar, "Alemão, quinta coluna!", "Coxa-Branca, quinta coluna!", entre outros xingamentos, contra o zagueiro alviverde Hans Breyer (imagem ao lado). Breyer, nascido na Alemanha, veio com a família para o Brasil aos seis anos de idade, e estreou em 1939 no Coritiba.


Com o tempo, a expressão foi perdendo o seu caráter pejorativo, e passou a ser utilizada para se falar dos torcedores e jogadores do Coritiba, que em razão disto também é chamado de "Coxa".


INFOBlog
O nome do clube remete a capital do Paraná, segundo a grafia adotada na época: Coritiba. A ortografia atual e oficial da cidade foi estabelecida em 1919, dez anos após a fundação do clube. Mas em nome de uma velha e honrada tradição, o clube manteve sua grafia original. O mesmo ocorre com os vocábulos foot ball e club, incorporados em inglês por não existir, na época, correspondentes semelhantes na língua portuguesa.

Evolução do escudo do clube

Por falar no escudo do clube: O Itabaiana Coritiba Esporte Clube de Sergipe, o Comercial Futebol Clube de Alagoas e o São Bento Futebol Clube de Santa Catarina, bem como o Olaria Football Club, equipe de futebol amador de Curitiba, tiveram seus escudos inspirados no do Coritiba.



INFOBlog
Atualmente o Coritiba detém o recorde histórico mundial de vitórias consecutivas, feito conquistado durante a temporada de 2011: 24 vitórias conquistadas em sequência.


O Coritiba também é o primeiro clube de futebol do sul do Brasil a apoiar o futebol americano. Da parceria entre o Coritiba e o Barigui Crocodiles nasceu o Coritiba Crocodiles, tetracampeão estadual e bicampeão da conferência Sul.



Principais ClÁSSICOS


Site Oficial do clube

Template básico e padrão para a famosa camisa “jogadeira” away do Coritiba. Ótimo material empregado na confecção, com tecido durável, confortável. A própria composição do tecido foi muito bem utilizada, proporcionando um impacto visual bacana com seus “tijolinhos”. Escudo e logotipo da Penalty bem trabalhados, emborrachados (ótimo!). Estilo de gola bacana, com harmonia entre colarinho e ribanas. Detalhes alocados muito legais, como o selo de autenticidade, acompanhados das bandeirinhas do PR e do Brasil (Na camisa estão desgastados pelas lavagens e uso). Patrocínios em cores harmônicas ao conjunto da camisa. Fonte numérica ainda bacana (em relação a utilizada pela Penalty hoje...).

A numeração frontal prejudicou o conjunto visual ao interromper a faixa. O mesmo vale para o logo da Penalty. A barra (saia) da camisa poderia ter acompanhado a ribana e colarinho.

Obrigado por sua visita, neste humilde espaço.
Até uma próxima, tchau!

Nenhum comentário: