Destaque da Semana

sexta-feira, 20 de abril de 2012

AMERICA Football Club-RJ

Hoje, o blog apresenta a camisa nº 76 de seu acervo. O segundo clube no coração de todo carioca (assim dizem...):




Fundação do Clube: 18 de setembro de 1904.

Os primórdios do America advém do desentendimento entre associados do Clube Atlético Tijuca, que dissolveu-se em 1904. Um grupo formado por Alfredo Koehler, Jaime Faria Machado e Oswaldo Mohrstedt, passou então a articular a fundação de uma nova associação. Tendo assistido, a convite de Oscar Alfredo Cox a um jogo do Fluminense, Mohstedt não teve dúvida em se articular para fundar um clube de futebol.

Sede Social do America na Rua Campos Salles (Tijuca-RJ)


Surgiram três propostas para o nome do clube: Oswaldo Mohrstedt propôs Rio Football Club , em homenagem à Cidade, Henrique Mohrstedt sugeriu Praia Formosa Football Club, por ser o nome da rua em que o clube estava sendo criado, mas a proposta aceita por todos foi a de Alfredo Koehler: America Football Club, em homenagem ao continente como um todo.


Suas primeiras cores foram o preto e o branco, substituídas em 1908 pela atual e tradicional camisa vermelha e calção branco.


As novas cores do clube foram escolhidas em homenagem à Associação Athletica Mackenzie College, de São Paulo, a quem o America havia enfrentado em jogo amistoso interestadual.



INFOBlog
Diferente dos outros times com o mesmo nome, o original do RJ, não tem acento. Acentuar o nome America, segundo os estatutos deste clube é incorreto, pois a grafia do nome se escreve baseado na lingua inglesa.

1904: Primeira bandeira, preta com o monograma em branco.



Estádio(s):
Estádio Giulite Coutinho (Estádio Edson Passos).
Capacidade: 15.000 pessoas.
Inauguração: 23 de janeiro de 2000.
Proprietário: America Football Club.


O Estádio tem o outro nome conhecido por "Edson Passos", mas na verdade está localizado no bairro Cosmorama no município de Mesquita, Rio de Janeiro. Seu nome é uma homenagem a Giulite Coutinho, ex-presidente do America e da CBF, já falecido.


Na página (http://americafootballclub.com/) é informado ao visitante que o estádio do clube é chamado erroneamente de “Giulite Coutinho”, e que a torcida do America se refere ao estádio como “Estádio do America” ou “Estádio Edson Passos”. Porém, o site oficial do clube mantém a denominação de “Estádio Giulite Coutinho”.




INFOBlog
O America já disputou mais de 4.000 partidas em sua história, servindo de fonte de inspiração para a criação de muitos outros "Américas", no Brasil e no exterior. Entre as suas conquistas mais relevantes, destaca-se a conquista do Torneio dos Campeões em 1982, torneio patrocinado e organizado pela CBF, que contava com a presença dos maiores clubes do Brasil.

Formação campeão dos campeões de 1982



INFOBlog
O primeiro campo do America foi num terreno baldio, pertencente a Estrada de Ferro Rio D'Ouro. Em agosto de 1906, houve a transferência para a Rua São Francisco Xavier, 78. Como este campo não tinha as medidas para a disputa de partidas da primeira categoria, precisou-se indicar, em 1908, o campo do Bangu, na Rua Ferrer e em 1910, o do Fluminense, na Rua Guanabara (atual avenida Pinheiro Machado).

1908: Sugerida por Belford Duarte e inspirada na bandeira japonesa.


INFOBlog
Em 1911 o America finalmente conseguiu um bom campo de futebol na Rua Campos Sales, na Tijuca, após a fusão com o Haddock Lobo Football Club, dono do espaço. A união e a manutenção do nome e das cores do America após a fusão foram conseguidas graças à habilidade dos dirigentes do America: Aceita a fusão, aos poucos os dirigentes rubros convenceriam os do Haddock Lobo a manter o vermelho e branco americanos nas cores do novo clube (o Haddock Lobo era alvi-marrom), e depois a manter o nome da agremiação como America Football Club.


Mascote do Clube:  Brasinha.


ClÁSSICOS & RIVAIS...
America versus Bangu é um clássico da cidade do Rio de Janeiro, desde 6 de Agosto de 1905, em jogo amistoso que o Bangu venceu por 6 a 1. Este é o confronto mais antigo do futebol brasileiro entre clubes em atividade, vide a data, envolvendo as equipes cariocas do America Football Club e do Bangu Atlético Clube.

Clássico da Paz é o nome dado ao confronto entre o Vasco e o America, ambas equipes da cidade do Rio de Janeiro, que se confrontam desde 13 de maio de 1923, com vitória do Vasco, por 1 a 0, no Estádio de Campos Sales. Esse nome foi dado a este confronto, pois foi o primeiro clássico disputado após a pacificação das 2 ligas até então existentes no Rio de Janeiro, por divergências políticas entre os clubes cariocas. Tal pacificação se deu por iniciativa dos então Presidentes do Vasco, Pedro Pereira Novaes e do America Pedro Magalhães Correia, também conhecidos como "Os Pacificadores".




INFOBlog
Carlos Alberto da Fonseca - que era mulato e jogou no clube - entrou em campo disfarçando a pele com "pó de arroz" - daí a expressão pó de arroz do clube. Por conicidência, a data era a mesma em que se comemorava a abolição dos escravos no Brasil, 13 de maio. Ainda em 1914, o America se tornou o primeiro clube a disputar uma partida noturna.



Equipe de 2009 (retorno à 1ª divisão) com Romário como capitão (foto)


Template moderno e ousado. Linhas modernas e agressivas. Belo trabalho no aproveitamento das cores do clube neste modelo away.  Layout das estrelas foi bem idealizado. Escudo do clube bem trabalhado. Apesar do patrocínio master destoar na cor do conjunto principal, não prejudica. Os elementos decorativos dão um toque bacana ao projeto. A parte de trás da camisa está sóbria e simples. Molde perfeito. O impacto visual do trabalho na região do colarinho/gola está muito bom. A mescla de tipos diferenciados de tecidos também deixa o trabalho elegante.


Muitos adeptos do “mequinha” torceram o nariz para o template da Penalty, sobretudo no tocante à distribuição das estrelas no corpo da camisa. Patch “América-Patrimônio do Rio” está mal alocado, proporcionando uma clara sensação de desalinhamento visual. Poderia ter sido melhor explorado, ficando acima do sêlo “Duo Soft” por exemplo. Criaria harmonia.  O trabalho na costura ombros/mangas está dando uma clara sensação de “ombreiras falsas”, deixando outra parte da camisa estranha. A camisa retém suor com facilidade.


Ok, pessoal. Espero que tenham gostado... E abaixo fica o link para a página oficial do America:


MUITO OBRIGADO pela sua visita à este humilde espaço. Valeu!!!  Até a próxima!

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...