Destaque da Semana

Destaque da Semana
Venda de camisas de futebol da coleção C&M

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Cavalo de Guerra

Cavalo de guerra
(War Horse)

Sinopse... Um conto de lealdade, esperança e tenacidade ambientado no arrebatador cenário da Inglaterra rural e Europa durante a Primeira Guerra Mundial. O filme começa com a admirável amizade entre um cavalo chamado Joey e um jovem chamado Albert, que o domestica e treina. 


Quando eles são forçados a se separar, o filme acompanha a extraordinária jornada do cavalo à medida que ele traça seu caminho para a guerra, mudando e inspirando a vida de todos que encontra no caminho, a cavalaria britânica, os soldados alemães, um fazendeiro francês e sua neta, antes que a história atinja seu clímax emocional no centro da terra de ninguém.


A Primeira Guerra Mundial é vivida através da jornada desse cavalo, uma odisseia de alegria e sofrimento, amizade profunda e altas aventuras.


Cavalo de Guerra é uma das grandes histórias de amizade e guerra (um livro de sucesso) que foi transformado em um tremendo sucesso internacional no teatro e que chegará aos palcos da Broadway no próximo ano. Só que agora, temos a adaptação épica feita para as telonas por um dos maiores diretores de toda a história do cinema.


Trailer

Elenco... Benedict Cumberbatch, Tom Hiddleston, David Thewlis, Emily Watson, Toby Kebbell, Eddie Marsan, David Kross, Peter Mullan, Jeremy Irvine.


DireçãoSteven Spielberg.

Bastidores: Spielberg e "Joey"




BLOG...:

Este filme não estava na ordem de postagem no blog. Há outros filmes na fila para serem postados, mas, não há como retardar a postagem de um filme tão bom, tão bonito! O “mago” Spielberg nos brinda com uma obra magnífica, com um trabalho sublime em todos os aspectos, seja na produção, seja na trilha sonora, seja na fotografia.  


São quase duas horas e meia de filme que valem cada minuto! Alguns poderão tecer uma semelhança com “O Corcel Negro” mas guardadas as devidas proporções. 


Nesta longa, acompanhamos a história do bravo Joey, um corcel puro-sangue que cresce aos cuidados de Albert, que inclusive, o treina muito bem. Somos invadidos por uma gama de sentimentos durante o filme ao toque que nos faz integrar com a história de vários personagens (importantes), como o capitão inglês, o fazendeiro e sua neta, o soldado alemão benevolente, entre outros.


A fotografia é explendorosa, a evolução e argumentos são certinhos, a trilha é fenomenal. E a nossa torcida por Joey e Albert em certos momentos do filme é tenaz. 


Misturar todo esse conteúdo emocional com a riquíssima 1ª Guerra Mundial foi espetacular. A última meia hora é de não sair da frente da tela. Os acontecimentos se desenvolvem muito rápido, e a cena épica da cooperação entre dois inimigos em plena terra de ninguém, para ajudar Joey é o ápice do sentimento absurdo que uma guerra pode causar.



É tangível também observar que o filme se passa bem na época da transição da decadência da cavalaria como tática de guerra para a era das metralhadoras e dos blindados.


Isso é notório na cena da “carga” da cavalaria britânica contra os alemães. Tanto que o filme entra então na fase das guerras de trincheiras, quando vemos Albert já no exército. O filme é fenomenal. 




Só há um extra no DVD, mas que vale muito ser visto também. Ele resume muito bem a idéia de Spielberg sobre a adaptação desta obra maravilhosa. Um dos melhores filmes que tive o prazer de ver nos últimos meses.

Até mais tarde! Tchau...

Obrigado pela sua visita...

Nenhum comentário: