Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

quinta-feira, 15 de março de 2012

Cowboys & Aliens ... Opinião C&M

Cowboys e aliens
(Cowboys & Aliens)

Sinopse... Em 1873, no Arizona, um estranho (Daniel Craig) sem lembranças chega na desértica cidade de Absolution. A única referência ao seu passado é um misterioso grilhão em um dos seus pulsos. 


O que ele descobre é que a população de Absolution não gosta de forasteiros, e ninguém na cidade se move sem a permissão do intransigente Coronel Dolarhyde (Harrison Ford). 

É uma cidade que vive com medo.



Mas Absolution está prestes a experimentar um medo que mal compreende, quando a cidade é atacada por saqueadores do espaço. Avançando com luzes cegantes e abduzindo incautos com velocidade insana, esses monstros desafiam tudo o que os residentes conhecem.


Agora, o estranho que eles rejeitaram é a única esperança de salvação. Esse pistoleiro aos poucos rememora quem é e onde esteve, e percebe que detém um segredo que pode dar à cidade uma chance contra a força alienígena. Com a ajuda da esquiva viajante Ella (Olivia Wilde), ele reúne um grupo de antigos oponentes - cidadãos, foras-da-lei, apaches, Dolarhyde e seus capangas - para evitar a aniquilação. Unidos contra o inimigo comum, eles se preparam para um confronto épico por sobrevivência.

DireçãoJon Favreau.


Elenco... Daniel Craig, Harrison Ford, Olivia Wilde, Sam Rockwell, Paul Dano, Noah Ringer, Keith Carradine, Ana de la Reguera, Clancy Brown, David O´Hara, Walton Goggins, Abigail Spencer.



BLOG...: 
Eu estava realmente muito curioso para ver essa “mescla” de aliens com velho oeste. Não me decepcionei.

Do mesmo diretor que assinou Homem de Ferro, Jon Favreau, Cowboys & Aliens começa no meio do nada, com o personagem principal despertando desnorteado, com um estranho bracelete de origem desconhecida presa ao seu pulso. 


Daniel Craig dá vida à Jake, e temos uma noção de sua personalidade já nos primeiros minutos de filme, após uma sequência de luta interessante em estilo 007. A partir daí, o desenrolar da história se passa com Jake indo até a cidade de Absolution, tendo problemas com a Lei e isto muda completamente com a “visita” dos aliens e suas naves, abdusindo os moradores.


Harrison Ford encarna o Coronel Dolarhyde, um tipo do mais aborrecido e pragmático, e "de quebra" o manda-chuva na cidade e arredores. Sempre com uma fisionomia pesada e irritada. Porém, isso muda durante e até o final do filme. Aliás... 

Muita coisa muda do meio do filme em diante. 

Lapsos de memória fazem com que Jake lembre-se aos poucos do que está ocorrendo, e com a ajuda de Dolarhyde, e de Ella Swenson (Olivia Wide), uma misteriosa mulher que aparece na cidade do “nada” e ainda por cima parece saber de tudo sobre Jake, e com a união de índios, bandoleiros e os remanescentes moradores da cidade, vão em busca do resgate dos amigos abdusidos. 


Muitas cenas escuras prejudicam a bela fotografia do filme, que possui um ótimo enredo sonoro e ótimos efeitos especiais. Mas algumas pequenas coisas não se encaixam, e no desenrolar do filme isso fica claro: Os aliens já vinham abdusindo pessoas por um bom tempo. E na ação tudo eclode num mesmo momento... Os bandoleiros que vagavam pelo deserto já deveriam ter “esbarrado” com os aliens – pois os índios já haviam enfrentado o problema! – E o mesmo pode ser dito pela cidade.


Como a Ella (que depois descobre-se ser uma remanescente de outra civilização alien destruída pelos tais invasores) chegou à Terra? 

E que bruxaria foi aquela na cena da fogueira, véio?!?!?!? (Vocês verão!)


Mas, mesmo assim, os pequenos erros não tiram o resultado muito bom do filme. 

Vale muito à pena. Sem contar que alguns valores eclodem nos minutos finais, na sequência entre Dolarhyde e Nat Colorado (protagonizado pelo excelente Adam Beach).

Adan Beach [Nat] com Harrison Ford [Dolarhyde]

Até mesmo o introspectivo Jake fica mais "sociável" nas cenas finais. 

Antes de acabar esta opinião, eu não poderia deixar de falar para vocês como chega à ser plausível de pena, a carnificina dos aliens na batalha com os índios e cowboys. 

- Saca os "Trabucos" dos Aliens!!! Contra colts e Winchesters... Sem chance!!

Do mesmo modo que em outros filmes do segmento correlato, como Battle L.A., por exemplo, é engraçado ver como no início e meio destes filmes os aliens são difíceis e quase imbatíveis, e ao final são abatidos com uma extrema facilidade. Coisas de enredo...


Até mais tarde! Tchau...

Obrigado pela sua visita...


Nenhum comentário: